Ano da Serpente – Chiang Mai

O trem chegou em Chiang Mai ao meio dia do domingo, foram ao todo 16 horas de viagem (2 horas de atraso). Na estação de trem ficam vários taxis que você pode tentar achar alguém para dividir com você para ir até a região mais central (melhor para se hospedar), porém os meninos já tinha reservado um passeio e o hotel em uma agência em BKK, e o transfer estava incluso, então decidimos pegar uma carona com eles e talvez já se hospedar no mesmo hotel. Como na Van só estavam os 3 brasileiros e mais 2 gringos, o motorista não se importou. No caminho do hotel a van parou em um TAT, uma agencia de turismo, para os meninos fecharem e pagarem um trekking de 3 dias pelas montanhas, aproveitamos para cotar nossa viagem para as praias mas não achamos os preços bons.

DSC03145

Depois a van nos deixou no Panda House Hotel, e acabamos nos hospedando lá também, pagamos 400B a diária do quarto de casal com AC e pelo que vimos depois é o valor da maioria dos hotéis. O quarto era bem espaçoso, a cama muito grande, e tinha até TV a cabo. Achamos até um programa bem engraçado, onde eles simulavam uma luta de Muay Thai.

028

Os taxis em Chiang Mai são na verdade camionetes (Vermelhas ou Amarelas) que eles adaptam uma capota na traseira, colocam bancos acolchoados e usam para levar os turistas para todos os lados. Você também encontra alguns tuk-tuk, porém táxi comum é meio raro.

Levamos nossas mochilas para os quartos, arrumamos nossas coisas e decidimos ir até o bairro chinês para as comemorações do Ano Novo Chinês. Pegamos nosso mapa e andamos algumas quadras até chegarmos às festividades. Na verdade estava mais para uma feira de rua com muitas barraquinhas de comida, lojas de artesanato e etc.

DSC03149

Esse foi o dia de experimentarmos as diferentes comidas locais e asiáticas em geral, comemos sushi, rolinho primavera, frutas, bolinho de polvo, bolinho de porco, bolinhos de camarão, frango frito, macarrão e algumas coisas que nem sequer fazemos idéia do que era, mas no geral é tudo bastante temperado, e alguns bem apimentados, mas sempre muito bom. Tudo custava algo em torno de 20 baht.

DSC03171

Mas o ponto alto da nossa corrida alimentícia foi o seguinte:

Realmente os insetos são gostosos, mas a verdade é que esse tipo de comida é para turista ver e experimentar. O tailandeses não comem isso.

DSC03154

DSC03146DSC03147A feira estava bem legal, e nos divertimos muito, os brasileiros eram muito engraçados também e aproveitamos bastante, mas por volta da umas 19h já estávamos cansados e decidimos voltar para o hotel tomar um banho, e descansar um pouco para sair de novo mais tarde, e foi isso que fizemos.

DSC03170

Eu e a Erica decidimos ir no Sunday Night Walking Street Market, uma feira ao ar livre que acontece no centro, mas os meninos decidiram ficar descansando um pouco mais no hotel e ficamos de nos encontrar no bairro chinês mais tarde.

171

A feira de domingo era muito boa (melhor que o Night Bazaar, segundo depoimentos) e aproveitamos para experimentar mais algumas comidas e comprar alguns artesanatos e lembrancinhas. A Erica também comprou uma calça tailandesa e eu comprei algumas camisetas.

Dica: Tente sempre barganhar quando for pagar alguma coisa. O preço inicial pode ser baixado, e muito, se você negociar. Às vezes, só de dizer que você não está interessado, eles te oferecem a calculadora para você digitar o quanto você gostaria de pagar pelo produto. Também ajuda dizer que você é do Brasil, eles sabem que não ganhamos em Euro.

Como a feira acontece no centro, também vimos alguns templos, e quando finalmente chegamos ao fim da rua já era mais de meia noite e a feira estava acabando. Estávamos muito cansados e como não vimos, nem ouvimos, nenhuma queima de fogos vindos do bairro chinês, decidimos voltar para o hotel para descansar para aproveitar bem o dia seguinte.

DSC03175

Foi nossa primeira noite de sono em uma cama de verdade e dormimos igual criança! ;D

Anúncios

Sobre Heitor Marucci

Radialista, 23 anos, praticante de MMA. "E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música!"
Esse post foi publicado em Trip e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Ano da Serpente – Chiang Mai

  1. Lara Magnago disse:

    Que maravilha essa viagem! Espero que as dicas que dei estejam sendo úteis! Só de ver algumas fotos, já chorei! Aproveitem bastante!

Gostou? Deixe sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s