Bangcoc!

Falta pouco! Agora falta muito pouco!  Confesso que nos últimos dias a ansiedade deu uma aliviada e consegui dormir melhor. Acho que a ficha ainda não caiu pra falar a verdade, agora está tão perto de acontecer que tá até dando um negocio! HAHAHA :D

Mas estamos tranquilos, na verdade a gente ta pensando mais no vôo e tal. Afinal, antes de chegar na Tailândia ainda vamos ter que enfrentar mais de 24 horas em confortáveis assentos da classe econômica (só que não).

As malas já estão arrumadas e depois a Erica posta as fotos. Como deu pra perceber nos primeiros posts, não estamos levando muita coisa, os mochilões estão quase vazios, o que é bom porque significa que não vamos ter que ficar carregando muito peso e sobra bastante espaço pra trazer muita coisa na volta! :D

Continuando agora com o ultimo post sobre os principais pontos turísticos de Bangcoc!

“Alguém uma vez disse que é possível comparar as três grandes capitais do sudeste asiático a frutas tropicais: imaculadamente limpa e verde Cingapura seria um limão,  a saborosa e aromática Kuala Lumpur um abacaxi maduro e BANGCOC seria uma jaca! Sim, aquela fruta de odor forte mas sabor delicioso, feia por fora, esconde um exótico, rico interior. A jaca tem tudo a ver com a “personalidade” desta cidade.  E isto já se nota desde o trajeto do aeroporto à cidade. Bangkok é toda cheiro e sabor.  A aparência da jaca e seu cheiro forte, a sua grossa e espinhuda casca esconde uma polpa macia, fina, delicada e de apurado, incomum, e exótico sabor.  A jaca é uma maravilha da botânica. Bangkok é um esplendor do sudeste asiático!”

State Tower

State Tower

A região de SILOM é o centro financeiro da Tailândia e é destino de alguns turistas que procuram hotéis mais luxuosos. Ao longo da Sathorn Road fica o Central Business District de Bangkok, onde ficam grandes corporações e embaixadas. Apesar de ser uma região mais comercial (e  mais cara) possui boa localização e pode ser um bom destino pra quem procura um hotel de luxo, bons restaurantes e vida noturna em bazares, bares e baladas (inclusive na famigerada Patpong Road). Lá também se encontram os alguns dos maiores prédios e arranha-céus da cidade. Estes prédios possuem uma bela vista panorâmica da cidade e atrai turistas para suas piscinas, bares e restaurantes em sua cobertura.

The Hangover - part II

The Hangover – part II

Os restaurantes são bem caros e precisam de reserva com antecedência,  mas pra quem quiser só curtir a paisagem pode simplesmente subir até o skybar, pedir um drink e curtir as luzes da cidade! É o caso do famoso State Tower, um dos prédios mais altos de Bangcoc com mais de 60 andares. O prédio abriga o luxuoso Hotel Lebua, um refinado restaurante  e seu famoso skybar. Mas a torre também ficou conhecida por outro motivo… Lembra aquele hotel de ‘The Hangover 2’? Aonde eles sobem para negociar com a máfia? Então.

Outra opção pra quem quiser curtir um jantar mais elaborado, é aproveitar um Dinner Cruiser pelo rio Chao Phraya. Em geral os passeios de barco duram cerca de 2 horas e os pacotes incluem transfer do hotel, alimentação e bebidas. Também é comum haver música e apresentações de danças tradicionais tailandesas! Uma ótima pedida pra quem quer conhecer a bela visão da cidade e dos templos iluminados a beira do rio. O preço é um pouco salgado, mas vale a pena, principalmente pra quem quiser algo mais romântico!

Dica: Na Tailândia não é comum se dar gorjetas por serviços, porém devido a grande quantidade de turistas europeus elas são sempre bem vistas principalmente em hotéis e restaurantes mais luxuosos. Uma taxa de 10% sobre o valor da conta é mais do que suficiente. Em táxis gorjetas não são necessárias, mas  não custa muito arredondar o valor da corrida! ;D

Ainda na região de Silom um lugar imperdível, pelo menos pra mim e para os praticamentes de Muay Thai é o LUMPINI PARK. Também chamado de Lumphini ou Lumpinee., é um grande parque, com área verde, lagos e animais soltos. Mas o que mais me atrai aqui é o Lumpinee Boxing Stadium, um importante estádio de lutas na Tailândia. É como se fosse um estadio coberto de futebol onde centenas de pessoas vão simplesmente para assistir aos combates. Ocorrem lutas de Muay Thai diversas vezes por semana , o que  atrai turistas, fãs e muitos apostadores. Para um lutador, ser um campeão no Lumpinee e liderar um dos rankings do estádio é um dos mais importantes títulos e a maior honra da carreira, e poucos tem esse privilégio.

Lumpinee Boxing Stadium

Lumpinee Boxing Stadium

“Bangkok é Yin e Yang . Compreender a relação Yin-Yang entre o novo e o antigo é a maneira mais sensata do visitante ocidental olhar para Bangcoc.”

Na área central de Bangcoc, fica a região mais tipicamente tailandesa de compras: SIAM! O centro comercial da capital é conhecido por seus enormes shoppings centers na região de Pratunam e por seus luxuosos hotéis da região de Sukhumvit. Aqui também se encontram enormes prédios e arranhas céus, vida noturna agitada e hotéis com boa localização (principalmente por estar perto das linhas de Skytrain).

Siam - Shopping MBK

Siam – Shopping MBK

“A tradução literal do nome Bangkok é “bang” – cidade ribeirinha – e “kok” ameixa silvestre.  Com algumas variações na tradução: tanto pode ser “jardim das ameixas”, “lugar das ameixas” ou “cidade das ameixas silvestres”. Por si só Bangkok é um nome que faz jus  em sonoridade e exotismo, ao que esta cidade encerra em si.”

Nos últimos posts, falei sobre vários pontos turísticos da Tailândia, muito dos quais pretendemos ir, espero que possa ajudar alguém a um dia planejar sua própria viagem também (afinal esse é um dos intuitos do blog), do mesmo modo que muitos blogs nos ajudaram.

Uma curiosidade sobre a Tailândia é que não por acaso o país tem uma das mais altas taxas de retorno de turistas do mundo: 97% dos visitantes voltam ou declaram que pretendem voltar a terra do sorriso, o que confirma seu potencial turístico e a diversidade do que este país tem a oferecer. Pois bem, está na nossa hora e espero voltar com esse mesmo desejo.

Nos desejem boa viagem, e o meu próximo post espero ser já em terras tailandesas.
Um forte abraço a todos que ficam! :D

Até mais… LA KON!

Anúncios

Sobre Heitor Marucci

Radialista, 23 anos, praticante de MMA. "E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música!"
Esse post foi publicado em Planejamento e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Bangcoc!

  1. Boris disse:

    Descobri o blog no post do seu roteiro no mochileiros.com. O blog de vocês é um dos mais completos que já ví e você ainda nem foram! Hehehe

    Estou planejando a minha pra novembro e vou acompanhar seus relatos de perto.

    Boa viagem e aproveitem bastante!

    • Pois é, Boris…

      O Heitor virou uma enciclopédia Thai. Tenho certeza que se ele resolver morar lá, dá de 10 a 0 em muito guia nativo.

      Continua acompanhando que ainda tem MUITO mais. (:

    • Heitor Marucci disse:

      Valeu man!

      Realmente pesquisei bastante, tive bastante tempo afinal começar a planejas a viagem a mais de um ano atrás (pra poder juntar $$$ e etc).

      A principio tentei colocar algumas informações pra que todo mundo possa conhecer e entender melhor o país.

      Mas conforme a viagem quero postar mais informações sobre transportes, hotéis, passeios e preços pra ajudar quem quiser ir também, afinal os blogs nos ajudaram muito também, queremos retribuir.

      Obrigado! :)

Gostou? Deixe sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s