Tsunami de Boas Energias. – Phi Phi

Saindo de Chiang Mai, seguiremos para o sul da Tailândia. Mais especificamente para as Ilhas Phi Phi e suas praias paradísicas (e lotadas de turistas).

O primeiro detalhe é com relação ao transporte. Nosso primeiro destino no sul do país serão as Ilhas Phi Phi, mas para chegar até lá só existe um modo: de barco (lógico). Porém esses barcos em geral só saem da região de Phuket ou Krabi.

Para ir direto de Chiang Mai para lá, são poucas opções. Não existe vôo direto até Krabi, e o vôo para Phuket sai em média U$150,00 por pessoa (e esta fora de cogitação :$). Sabendo que Phuket é uma região mais cara, mais lotada, com praias mais sem graça e uma cidade menos prática, decidimos ir via terrestre por Krabi. Para isso voltaremos para BKK novamente em um trem noturno e de lá pegaremos um vôo da ‘low-cost’ Air Asia (encontramos na promoção de U$35,00 por pessoa) até a cidade de Surathani, outra opção é pegar outro trem em BKK até Surat Thani. Depois ainda é preciso embarcar em mais um ônibus até Krabi (2h de percurso), e de lá pegaremos mais um barco até Phi Phi (mais 2h de percurso).

Sim, se você quiser viajar pela Tailândia tem que estar disposto e preparado para essas maratonas! :/

Para a viagem ficar menos cansativa, você pode aproveitar para ficar um pouco em Krabi antes de ir para Phi Phi. Vou falar mais sobre Krabi depois, mas dá quase no mesmo porque você terá que voltar até Krabi e Surathani depois também.

PHI PHI

Formada por um arquipélago de 6 ilhas banhadas pelas águas quentes do mar de Andaman, o arquipélago pertence ao distrito de Krabi. As duas maiores e mais famosas ilhas são a de Phi Phi Don e Phi Phi Leh. O arquipélago foi um dos mais afetados pelas tsunamis que atingiram o sudeste asiático no final de 2004, devastou as famosas ilhas e deixou marcas não só na cidades, mas principalmente nos moradores, muito dos quais perderam parentes e amigos na tragédia, por isso o assunto apesar de recorrente deve ser lidado com cuidado.

A principal ilha é Phi Phi Don, a maior e unica habitada, e suas principais praias são Long Beach, Ao Loh Dalum e Tonsai Bay. Um famoso atrativo na ilha é seu viewpoint. O mirante no alto de uma montanha exige um pouco de caminhada, mas recompensa com sua vista magnifica e é uma ótima opção pra ver o pôr do sol no fim do dia – lembrando que na Tailândia, o dia e a noite tem mais ou menos a mesma duração, nascendo as 06h00 e se pondo por volta das 18h00.

Phi Phi é um dos locais onde as coisas são mais caras na Tailândia, apesar de pequena a ilha é um dos principais destinos do país, o que deixa a ilha sempre lotada e com muitos turistas.  Diferente do restante do país, e dependendo da época, é bom reservar hotel antes – o que nós não estamos pretendendo fazer (somos roots e vamos na cara e na coragem! HEHE Rezem por nós! :P).

Nas principais praias da ilha, é possível alugar caiaques e explorar as outras praias e ilhas da região. Como por exemplo o Shark Point, um local mar a dentro da praia Long Beach, ótimo para praticar snorkel e onde dizem que é possível observar inofensivos tubarões pretos pela manhã.

O modo mais comum de conhecer os pontos turísticos da região e das outras ilhas é de barco. As agências da região oferecem diversos pacotes de tour com preços variados dependendo do tipo de barco e do tempo de percurso. Uma opção também é alugar um longtail privativo e tentar ir nos principais locais em horários alternativos em que os tours (e os turistas) não estejam.

Dica: Evitar pegar os Long Tails em dias de mar mais agitado, pois por serem menores não conseguem chegar ao Shark Point e Bamboo Island por exemplo.

MonkeyOs pricipais destinos são Bamboo Island, Monkey Beach, Viking Cave, Phi Leh Bay, Maya Bay e o Sunset Point, mas com certeza você passará por outros lugares no caminho entre elas tão belos quanto. Monkey Beach como o próprio nome sugere é uma pequena e belíssima praia habitada por dezenas de macacos obesos e preguiçosos que vivem da comida que os turistas e até mesmo os moradores da região dão (as vezes eles roubam também). Bamboo Island também é uma praia muito recomendada, tem areia a branca e água transparente, além de arvores que fazem sombra à vontade.

Mas com certeza a praia mais famosa é Maya Bay em Phi Phi Leh, onde foi gravado o filme “A Praia” com o Leonardo DiCaprio e blá blá blá… enfim, a praia é considerada uma das mais belas do mundo, porem a reclamação do excesso de turista é recorrente.

Sobre a quantidade de turistas nos locais acho que é tudo uma questão de bom senso. A Tailândia é um lugar extremamente turístico e recebe mais de 20 milhões de pessoas de todo o mundo por ano, então se você quiser ficar sozinho em uma praia paradisíaca vai ter que andar muito e sair das cidades mais conhecidas (onde a estrutura é melhor). É tudo uma questão de adequar seus horários, procurar alternativas e enfim, também não adianta ter alergia à gente né?! ¬¬

Maya Bay

Maya Bay

Um esquema legal que ouvimos falar é sobre acampar a noite em Maya Bay, podendo assim curtir “a praia” só pra você. Havia uma empresa em Phi Phi que agenciava esse passeio com pequenos grupos. Eles te levam no fim da tarde (quando os tours estão voltando), te servem o jantar, te cedem os sacos de dormir, o pessoal janta e fica na beira de fogueira tocando violão e tal, depois vão nadar no meio da noite, quando é possível ver os plânctons que brilham no escuro. No fim, dorme todo mundo na praia mesmo, acordam tomam café e te levam de volta por volta das 9h00, horário que os barcos cheios de turistas começam a chegar.

Dica²: Sempre visitar Maya Bay na maré alta. Pergunte antes de fechar qualquer negócio, e certifique-se também de que o tour contratado desça na praia de Maya Bay, e não só passe de barco por ela.

Bem, no próximo post vou falar um pouco mais sobre Krabi! Mas pra finalizar vou deixar um reggae tailandês aí pra vocês curtirem:

Anúncios

Sobre Heitor Marucci

Radialista, 23 anos, praticante de MMA. "E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música!"
Esse post foi publicado em Planejamento e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Tsunami de Boas Energias. – Phi Phi

  1. Tomás Federicci disse:

    Olá, ótimo blog, estou planejando uma viagem pra Tai, e tenho dúvida com relação ao transporte entre cidades, vcs disseram que não compraram nada antecipado, o vôo que vcs compraram por 35 dólares foi na hora, pela net?Essa parte ta travando meu planejamento pois vou para outros países também, e não quero comprar os voos antes para não engessar a trip, como vcs fizeram?Poderiam dar mais detelhes sobres os voos?Esse de 150 dólares era na hora também?

Gostou? Deixe sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s